UMA VISÃO DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS

A comunicação humana pode ser abordada por três aspectos diferentes e isto determinou ciências e especializações específicas. O que comumente se denomina por Comunicação é a especialização que se dedica aos aspectos sintáticos e semânticos da transferência de informação entre pessoas.

O interesse nos efeitos provocados nos comportamentos e pelos comportamentos das pessoas nas suas relações pessoais é o objetivo do estudo da Pragmática da Comunicação Humana.

Este efeito leva em conta não somente a linguagem verbal (a sintaxe e a semântica), mas também a linguagem não verbal e os comportamentos envolvidos nas relações humanas.

Numa frase pode-se resumir assim:

O objetivo da pragmática da comunicação humana não se limita somente ao efeito da comunicação sobre o receptor ou mesmo do efeito provocado pela reação do receptor sobre o transmissor, mas a relação transmissor-receptor enquanto mediado pela comunicação.

O conhecimento dos mecanismos envolvidos na relação transmissor-receptor enquanto mediado pela comunicação permite (para quem detém este conhecimento) construir e conduzir da maneira mais adequada o tipo de relação que vai estabelecendo com seus parceiros pessoais e profissionais.

Permite também compreender e colaborar de maneira eficaz com as relações que se estabelecem em grupos (familiares, sociais ou de trabalho).

É sempre importante não se esquecer que nas relações interpessoais existe sempre os respectivos comportamentos dos envolvidos. Mas comportamento não tem um oposto… Não se pode não se comportar…  Em outras palavras, não existe qualquer coisa que seja um não comportamento, ou ainda mais simplesmente, não é possível não haver um comportamento.

Considerando o interesse no estudo das relações interpessoais mediado pela comunicação, costumamos fazer  uma abordagem destes vínculos que denominamos: “Uma visão das relações interpessoais”. Em caso de maior interesse ou dúvida entre en contato conosco.

 1º Encontro

  • Conceitos fundamentais da Pragmática da Comunicação Humana

– Informação e retro-alimentação

– Presente e passado

– Redundância

Caixa Preta

Causa e Efeito

Consciência e não consciência

Cinco axiomas desta ciência.

  • Exemplos e discussões que facilitem a compreensão destes conceitos.

 2º Encontro

Este encontro prevê dois momentos com participação ativa dos participantes e dois com exemplificações do palestrante e estimulação à reflexão para que os participantes encontrem em suas relações pessoais ou profissionais situações do mesmo tipo.

Seqüência:

  • Não se pode não comunicar (1º axioma) à exercício com participação ativa (30’).
  • Comunicação analógica (4º axioma) à Exercício com participação ativa (30’)
  • A estrutura do nível de comunicação à Um caso vivido por mim no Massachusetts Institute of Technology (30’)
  • Pontuação na seqüência de comunicação (3º axioma) à O jogo sem fim (30’)

 3º Encontro

Este encontro prevê um momento com participação ativa dos participantes e outro com reflexão e estimulação à reflexão para que os participantes encontrem em suas relações pessoais ou profissionais situações do mesmo tipo.

Seqüência:

  • Relações simétricas ou complementares (5º axioma) à exercício com participação ativa (60’).
  • Nível objetivo e nível relacional da comunicação à “Se você me amasse você comeria alho com prazer” do livro Instruções para se tornar infeliz de Paul Watzlavick, (60’)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: